Pesquisas da Aromaterapia em hospitais para pacientes com Câncer


Pensei que poderia ser uma boa idéia ter um olhar para um par de pesquisas feitas sobre a eficácia da utilização de óleos essenciais em massagem para pacientes com câncer.Um estudo feito em uma avaliação de massagem de aromaterapia em cuidados paliativos por Susie Wilkinson, Aldridge Judith,  Elizabeth Caim, Bernadette Wilson publicada em Palliat Med julho 1999 vol. 13 não. 5 409-417 onde constam no  abstrato destas pesquisas que:

    O uso de terapias complementares, como massagem e massagem com a adicão da  aromaterapia ( óleos essenciais ), está crescendo em popularidade entre pacientes e profissionais de saúde. Eles são cada vez mais usados ​​para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, mas há pouca evidência da sua eficácia. Este estudo avaliou os efeitos da massagem e massagem com óleos essenciais em pacientes com câncer em cuidados paliativos. Foram estudados 103 pacientes, que foram aleatoriamente alocados para receber massagem com um óleo carreador somente (massagem) ou massagem com um óleo carreador  mais o óleo de camomila romana essencial (massagem de aromaterapia). Medidas de desfecho incluíram o Rotterdam Symptom Checklist (RSCL), o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE) e um questionário semi-estruturado, administrado duas  semanas após as massagens, para explorar as percepções dos pacientes de massagem.
    
<span title="There was a statistically significant reduction in anxiety after each massage on the STAI (P <0.001), and improved scores on the RSCL: psychological (P <0.001), quality of life (P <0.01), severe physical (P Houve uma redução estatisticamente significativa na ansiedade depois de cada massagem no IDATE (P <0,001), e escores mais aperfeiçoados da RSCL: psicológicos (P <0,001), qualidade de vida (P <0,01), física grave (P <0,05) <span title=", and severe psychological (P e psicológico grave (P <0,05) subescalas na aromaterapia combinado e grupo de massagem. Pontuações do grupo aromaterapia melhorou em todas as subescalas RSCL ao nível de 1% de significância, ou melhor, exceto para atividades severamente restritas. Pontuações do grupo de massagem melhorou em quatro subescalas RSCL mas essas melhorias não atingiram  significância estatística. Massagem com ou sem óleos essenciais parece reduzir os níveis de ansiedade. A adição de um óleo essencial parece aumentar o efeito de massagem e para melhorar os sintomas físicos e psicológicos, assim como a qualidade de vida global.Outro estudo, o uso da massagem terapêutica como uma intervenção de enfermagem para modificar a ansiedade e a percepção da dor do câncer, publicado na Cancer Nursing, Abril de 1993, Volume 16, Issue 2, possuem abstratos que:

    O objetivo deste estudo exploratório foi examinar os efeitos da massagem terapêutica (composto de effleurage, petrissage, e terapia miofascial ponto gatilho) na percepção da dor, ansiedade e níveis de relaxamento em pacientes hospitalizados com dor significativa pelo câncer. Trinta minutos de massagem terapêutica foi administrada em duas noites consecutivas para nove homens hospitalizados com diagnóstico de câncer e dor do câncer. Dos sujeitos auto-relatos de dor e relaxamento (medido pelo Visual Analogue Scales), bem como a ansiedade (medida pelo Inventário de Ansiedade Estado Spielberger) foram registrados antes e imediatamente após a intervenção. As medidas objetivas fisiológicos da frequência cardíaca, frequência respiratória e pressão arterial foram obtidas antes, e imediatamente depois, e, finalmente, 10 minutos após a intervenção de massagem. Massagem terapêutica reduziu significativamente o nível dos sujeitos da percepção da dor (média = 60%) e ansiedade (% média = 24), reforçando simultaneamente os seus sentimentos de relaxamento em uma média de 58%. Além dessas medidas subjetivas, todas as medidas fisiológicas (frequência cardíaca, frequência respiratória e pressão arterial) tendem a diminuir a partir de linha de base, fornecendo uma indicação adicional de relaxamento. Em conclusão, embora o mecanismo exato não é conhecido, a massagem terapêutica é uma intervenção de enfermagem benéfica que promove o relaxamento e diminui a percepção da dor e ansiedade em pacientes com câncer internados em hospitais.


 

Outra Massagem  realizadas nos pés-  artigo: uma intervenção de enfermagem para modificar os sintomas aflitivos de dor e náusea em pacientes hospitalizados com câncer, Grealish, RN Laurie, MN; Lomasney, RN Angela, RM; Whiteman, Barbara RN publicado em Câncer de Enfermagem: Junho de 2000 – Volume 23 – Número 3 – pp 237-243, afirma  o abstrato que:

    Este artigo descreve os resultados de um estudo empírico sobre o uso de massagem nos pés como uma intervenção de enfermagem em pacientes internados com câncer. O estudo foi desenvolvido a partir do trabalho anterior de Ferrell-Torry e Glick (1992). Em uma amostra de 87 sujeitos, uma massagem nos pés de 10 minutos (5 minutos por pé)  sendo encontrado  um efeito significativo imediato sobre a percepção da dor, náuseas e relaxamento, quando medida com uma escala visual analógica. O uso de massagem nos pés como um método complementar é recomendada como uma intervenção de enfermagem relativamente simples para pacientes com náuseas ou dor relacionada com a experiência do câncer. Aprofundamento da investigação sobre a sua eficácia na gestão destes sintomas, para a  família em casa pasar a utilizar é garantida, trazendo sem dúvida um benefício para os pacientes.
Ainda serão necessárias, muitas, mas muitas pesquisas nesta área com o uso de óleos essenciais, para promover o realaxamento tanto em pessoas com uma boa saúde, bem como em pacientes com alguma patologia.
Mas no que se refere a aromaterapia, é indubitável que, o uso de óleos essenciais, ( puros e sem nenhuma adulteração ), modifica o ambiente  onde moléculas de ativos, serão dispersadas no ambiente seja somente pela aromatização, ou por massagens, farão uma enorme diferença. Basta para isto medirmos a pressão arterial das pessoas, ( no mínimo estarão diferentes ), e é claro estarão em um nível maior de relaxamento.
Mas como sei, ainda para isto tornarsse uma ciência, precisaremos de registros, observáveis, mensuráveis e registráveis, para que esta prática seja definida como ciência e posteriormente ser utilizada em horpitais. mas já temos um começo, pois após muitos anos divulgando a Aromaterapia – Clássica, e com os óleos que trabalho em minha própria marca, pois assim tenho a certeza da qualidade que estou falando, já foi reconehcido pelo menos um pouco e jea encontro-me dentro de um grande hospital levando esta maravilhosa ciência. Pelo menos estou conseguindo levar a um meio científico e ter a introduçnao da Aromaterapia em hospitais. Acredito que aqui no Brasil, estou netes anos todos conseguindo levar a Aromaterapia para um patamar mais sério. Isto não quer dizer que somente em hospitais devemos usar os óleos essenciais. Os utilizo e propago este uso, em casa, para limpeza dos ambientes, ( anti-séptico poderoso ), para a estética seja ela facial, corporal, capilar entre outras tantas formas de uso para a beleza física, no uso para pets, e muitos outros modos de uso dos óleos essenciais em todas as formas que pudermos pensar.
Bom fica aqui então mais um post levando um pouquinho mais de conhecimento do uso dos óleos essenciais.
Boa semana para todos e até o próximo post.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s