Sobre o Lemongrass – Óleo Bom e barato! Para nos auxiliar nesta fase

Óleo Essencial de Lemongrass

Pesquisando em meus escritos sobre óleos que seriam facilmente encontrados aqui no Brasil, ( e fora também), fui buscar um que faz parte de nossa memória emcoional, além de ser muito bom para uso agora, na quarentena.
Tanto seu uso na área de aromatização ambiental, nos colares aromáticos e no corpo em noosa hgiene diaária, como um óleo pós banho.

Resultado de imagem para lemongrass


Recomendo: Para o corpo:
Para adultos, NÃO USE EM CRIANÇAS MENORES DE 12 ANOS NA PELE.
DILUIÇÃO
PARA 10 ML DE ÓLEO DE SEMENTE DE UVA
UTILIZE 05 GOTAS DE ÓLEO ESSENCIAL DE LEMONGRASS
PARA AROMATIZAÇÃO:
Em aromatizador elétrico: 
Colocar:
10 gotas de lemongrass;
10 gotas de Lavanda
05 gotas de Laranja
Ou use o blend da By Samia Bem estar.
Aí vai uma ficha técnica do óleo de Lemongrass
NOME CIENTÍFICO: Cymbopogon citratus
NOME COMUM (POPULAR) E SINÔNIMOS: Capim-santo; capim-cidreira; chá-de-estrada; chá-de-príncipe; chá-do-gabão; capim-cidrão; capim-cidrilho; capim-cidró; capim-limão, capim-de-cheiro, etc.
HISTÓRIA
Era um dos óleos mais apreciados na Índia durante centenas de anos, conhecido localmente como choomana poolu, que se refere ao caule vermelho da planta. Também era conhecido como “verbena indiana” ou “óleo de melissa indiana” e considerado capaz de baixar a febre, tratar doenças infecciosas e interromper o desenvolvimento de tumores.
A Índia foi a principal fornecedora até a Segunda Guerra Mundial, quando então a liderança foi assumida pelas Índias Ocidentais, que parecem produzir hoje o óleo de melhor qualidade. A variedade das Índias Orientais é o Cymbopogon flexuosus, e a das Índias Ocidentais é o Cymbopogon citratus. Um óleo de boa qualidade também é obtido nos Estados Unidos. A exposição ao ar e à luz reduz o percentual de citral do óleo, que é valioso como ingrediente em produtos cosméticos e em perfumaria, assim como em detergentes e sabonetes.
ASPECTOS BOTÂNICOS:
É uma planta herbácea da família das gramíneas, cresce numa moita de rebentos (planta cespitosa), propagando-se por estolhos (caule rastejante), os quais apresentam folhas amplexicaules, linear-lanceoladas. As suas inflorescências são constituídas por panículas (inflorescência que se caracteriza por um cacho composto em que ramos vão decrescendo da base para o ápice, razão porque assume a forma piramidal).
Esse óleo forte, porém agradável é destilado a partir de duas espécies de erva fresca cultivada. A colheita da variedade silvestre teria um custo muito elevado. Nativo da Índia, também se desenvolve em outras regiões tropicais, como Brasil, Índias Ocidentais, Sri Lanka e China. Chega, no máximo, a noventa centímetros de altura.
PARTE UTILIZADA DA PLANTA: Folhas
TIPO DE EXTRAÇÃO: Destilação
COMPOSIÇÃO QUÍMICA: Contêm aproximadamente 0,4% de óleo volátil, 65 a 85% de citral (aldeídos – mistura de 2 isômeros geométricos – geranial 45,2–55,95 e neral 25-28%); farnesol, geraniol (0,4-0,5%), nerol (0,3-0,4%); citronelal (0,1% aldeídos),linalool (0,8-1,1%), limoneno (traços) e mirceno (8,2-19,2%) (terpenos), citronellol (0,1%); acetato de geranil (1,00%).
AÇÕES FARMACOLÓGICAS:
PROPRIEDADES: Anti-depressivo, antisséptico, bactericida, carminativo, desodorizante, digestivo, diurético, fungicida, galactagogo, inseticida, profilático, balanceador, calmante,  tônico geral.
MENTE: Tem efeito estimulante, restaurador e energizante, útil em estados de esgotamento. Tem efeito reanimador e ajuda a recuperar o ritmo normal.
CORPO: Sua ação revitalizadora torna-o um ótimo tônico para o organismo. Fortalece os nervos parassimpáticos, o que auxilia na recuperação de doenças, estimulando as secreções glandulares e os músculos durante a digestão. Estimula o apetite e pode ser útil no tratamento de colite, indigestão e gastroenterite.
Sua forte ação antisséptica impede a disseminação de doenças contagiosas, sendo útil principalmente nas infecções respiratórias, como inflamação de garganta, laringite e febre.
É excelente para músculos doloridos, alivia a dor e torna-os mais flexíveis, pois ajuda a eliminar o ácido lácteo e estimula a circulação. Seu efeito tonificante sobre os músculos pode ajudar a tratar a flacidez de pele decorrente de dieta alimentar ou falta de exercício. Parece aliviar o cansaço das pernas, especialmente após longos períodos em pé.
É útil para afastar insetos e livrar os animais de pulgas e outros insetos nocivos. Sua ação desodorizante também os mantém com um aroma bastante agradável.
PELE: Proporciona ótima tonicidade à pele e pode ser eficaz no fechamento de poros abertos. Acredita-se que seja capaz de tratar a acne e equilibrar a oleosidade da pele. Problemas como pé-de-atleta e outras infecções por fungo podem reagir favoravelmente.
PRECAUÇÕES: É um óleo essencial muito forte, que pode irritar peles sensíveis. É recomendada a baixa dosagem.
OBSERVAÇÕES/ CURIOSIDADES:
 NOTA: Alta
ELEMENTO: Fogo e Água
AROMA: Herbal e cítrico. Forte, doce e semelhante ao do limão
COR QUE VIBRA: Amarelo
EFEITO NOS DOSHAS: Diminui o Pitta, o Kapha e o Vata
CHAKRA: Está associado ao Cardíaco /  Anahata
QUALIDADE: Yang
MISTURA-SE BEM COM: manjericão, cedro, coentro, gerânio, jasmim, lavanda, néroli, palmarosa, alecrim, tea tree
TIPO DE PELE: Oleosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s