Conheça as 14 Principais dúvidas sobre o uso da Aromaterapia – Veja as dicas deste artigo

Separamos uma lista com 14 dicas e respostas sobre o uso dos óleos essenciais. Veja se sua dúvida esta nesta lista.

 1. Alopécia

É a calvície, isto é a perda de cabelo. A perda de cabelo pode ocorrer por diversos fatores, uso de medicamentos, dieta rigorosa, alterações hormonais, doença crônica ou grave (hipotiroidismo, micose e areata), e estresse.

A perda de cabelos está intimamente relacionada à hereditariedade, isto é ao fato genético. A testosterona é convertida em um outro hormônio que atrofia o folículo piloso. Outras medidas preventivas, evitar técnicas de manipulação dos cabelos como tranças, tinturas, secador, alisamento, reflexos, escolha de um shampoo adequado. Adotar medidas para reduzir a ansiedade. Há três tipos de calvície- alopécia androgenética; alopécia areata, queda de cabelos.

 

Para cada 10 gramas / mililitros  de veículo:

 06 gostas de óleo essencial de Alecrim 

 Sendo estes veículos:

1 – Argila Rain Forest – Argila para esfoliação

2 – Shampo Neutro – Shampo para lavagem

3 – Óleo de Argane  –  Loja By Samia  – Máscara Capilar

 

Leia também: Resolva a queda de cabelo com a aromaterapia

 

 2. Quais óleos podemos usar para tratar caspa?

Caspa é também conhecida como estados peliculares do couro cabeludo, quando a descamação é excessiva chama-se de pitiríase que pode ser Simplex ou Estearóide. Simplex chamada também caspa seca é uma descamação fina do couro cabeludo e é eliminada pela simples lavagem.

A pitiríase estearóide ou película gordurosa as escamas tornam-se mais espessas por estarem aderidas do sebo capilar, originando uma descamação farinhenta e gordurosa. A este último parece estar relacionado um fungo o Pityrosporum ovale que quando presente produz secreções que decompõem os glicerídeos presentes no sebo, liberando ácidos graxos e por sua vez irritam o couro cabeludo, resultando em maior multiplicação celular.

Porém não se sabe se o fungo se prolifera em função do aumento das películas ou se seus subprodutos promovem a descamação descontrolada. Não se sabe a causa desse processo.

Para cada 10 gramas / mililitros  de veículo:

 06 gostas de óleo essencial de Tomilho

 Sendo estes veículos:

1 – Argila Rain Forest – Argila para esfoliação

2 – Shampo Neutro – Shampo para lavagem

3 – Óleo de Argane  –  Loja By Samia  – Máscara Capilar

 

Leia Também: Óleo de Melaleuca para Acne, Caspa e Seborréia

 

3. E para o tratamento de micoses de unha e pele?

Micose é o nome dado a doenças causadas por fungos. Assim que encontram condições favoráveis como umidade e calor excessivos os fungos encontram condições ideais para se reproduzir. Alimentam-se na pele da proteína queratina quando em infecções superficiais. Em infecções de micoses profundas atingem a circulação do sangue e linfa podendo se alojar em órgãos como pulmões, intestinos, ossos ou sistema nervoso central. Vamos falar especificamente da micose superficial que atinge pele e unhas. A micose que atinge a pele, pé-de-atleta, afeta os espaços entre os dedos, os fungos se proliferam e conseguem digerir a queratina. O contágio pode ser por piscinas, vestiários, banheiros coletivos.

Nas infecções agudas das unhas a mesma apresenta-se dolorida e a cutícula incha. Pode surgir um ponto de pus chamado vulgarmente de unheiro. Nas infecções crônicas, surgem manchas amarelo-esbranquiçadas. A unha fica com cor escurecida e aspecto morto e deforma-se muito

Para cada 10 gramas / mililitros  de veículo:

 06 gostas de óleo essencial de Tea Tree

 Sendo estes veículos:

1 – Argila Rain Forest – Argila para aplicação tópica na pele

2 – Óleo Vegetal de Copaíba – Óleo para aplicação tópica na Pele e nas Unhas

Tomar banho com Sabonete Líquido Refrescante.

Leia Também: Aposte no uso diário do Tea tree – Melaleuca. Contra micoses, herpes e outros fungos e bactérias

 

 4. Os  óleos essenciais podem ser ingeridos?

A ingestão de alguns óleos essenciais acontece indiretamente na nossa alimentação quando as indústrias flavorizam bolachas, bolos, coberturas, mel com pequeníssimas quantidades de óleos essenciais de limão, laranja, tangerina, cítricos em geral. Porém para recomendação de ingestão em tratamentos não é permitido na legislação Brasileira por algumas razões: apenas o médico pode indicar substâncias químicas para ingestão, falta de estudos brasileiros que comprovem a segurança e eficácia dos óleos, uso indiscriminado por leigos ou supostos terapeutas, dúvidas sobre a origem e a pureza dos óleos essenciais no mercado em geral.

Na Europa o uso de óleos essenciais é difundido e recomendado por médicos. Portanto no Brasil não é permitida a ingestão de óleos essenciais sob os riscos aqui apresentados.

 

Leia Também: Porque Ingerir Óleos Essenciais? 11 Motivos para você repensar esta prática

 

5Os óleos essenciais podem ser usados em casos de câncer?

“Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores (acúmulo de células cancerosas) ou neoplasias malignas. Por outro lado, um tumor benigno significa simplesmente uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida.

Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Por exemplo, existem diversos tipos de câncer de pele porque a pele é formada de mais de um tipo de célula. Se o câncer tem início em tecidos epiteliais como pele ou mucosas ele é denominado carcinoma. Se começa em tecidos conjuntivos como ossos, músculos ou cartilagem é chamado de sarcoma. Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir os tecidos e órgãos vizinhos distantes (metástases).”

 A recomendação de óleos essenciais e tratamentos com aromaterapia podem ser feitos desde que com o consentimento médico. Alguns óleos tem se destacado em tratamentos de pacientes com câncer são eles: óleo vegetal de copaíba, auxilia como ação anti-inflamatória e ação regeneradora para veias, pele, etc. O óleo essencial de Tea Tree ajuda a aumentar a imunidade em geral o que é bastante interessante em casos de quimioterapia. Óleos à base de fito -hormônios devem ser evitados salvo sob recomendação médica, são os óleos de gerânio e palmarosa, pois há casos em que o Tumor é hormônio dependente.

 Usar em um Aromatizador Elétrico – 25 gotas de Óleos Essenciais – Loja By Samia.

 Usar a aromatização Ambiental como coadjuvante no tratamento.

           15 gotas de óleo essencial de Tea Tree

           05 gotas de óleo essencial de Limão Siciliano

           05 gotas de óleo essencial de Tomilho

 

6. E para o tratamento do nervo ciático existem alguns óleos específicos?

Nervo ciático é um dos principais nervos dos membros inferiores, ele é responsável por controlar desde a articulação dos quadris, joelhos , tornozelos. Ele também é responsável pelos movimentos dos músculos posteriores da coxa, da perna e do pé. Geralmente o nervo é acometido por nevralgias que significa dor do nervo. As causas são diversas como deslocamentos da coluna, traumatismos, infecções, estresse, intoxicações, etc. Sempre com a orientação médica pode ser recomendado o seguinte tratamento complementar:

  Sâmia Maluf, após anos de atendimentos como psicóloga, e tendo em muitos de seus pacientes casos de ciatalgias, fibromialgias, criou para a By Samia o óleo da Linha Equilíbrio especialmente para estes casos de Algias em Geral.

Óleo para Massagem Equilibrio – Usar nos locais afetados pelas algias – Este Óleo para massagem By Samia contém Óleos Vegetais de Copaiba e Andiroba e mais 08 óleos essenciais, noz moscada, eucalipto glóbulos, hortelã pimenta, cipreste, alecrim, tomilho, gengibre, pimenta negra.

Leia Também:  Uma Dica Rápida Para Dores

 

7. Qual o prazo de validade dos óleos essenciais?

Para a ANVISA e de acordo com o registro de produto no mercado a validade é de Trinta e seis meses, três anos. Esta validade é considerada se o produto for bem conservado como segue:

guardado ao abrigo da luz, calor, umidade; conservado em caixas de madeira;

guardado na embalagem original e bem fechado;

Os óleos essenciais para uso externo foram aplicados na preservação de múmias no antigo Egito. A medicina aromática surgiu nas sombras dos templos enfumaçados do antigo Egito- o berço da medicina, perfumaria e farmácia, há mais e seis mil anos. As preciosas substâncias vinham de todas as partes do mundo carregadas nas embarcações. O sacerdote supervisionava as preparações nos templos, lendo as fórmulas e entoando cânticos enquanto os alunos misturavam os ingredientes. No início do século XVII os médicos preparavam elixires através da destilação das múmias para combater infecções, devido ao poder anti-séptico e de conservação dos óleos essenciais, pois os óleos essenciais eram capazes de conservar as múmias ainda intactas durante milhares de anos.

 

8. Posso usar óleo de rosa mosqueta para tratar a pele oleosa?

Pele oleosa tem como característica poros dilatados, excesso de brilho, e não raro, há presença de acne, vulgarmente chamada de espinhas. Os poros dilatados eliminam através do poro dilatado da glândula sebácea a secreção para o exterior. O excesso de secreções deixa a pele com aspecto brilhante, a camada córnea junto ao poro folicular deixa a pele mais espessa, e aí esta atua como um tampão oclusivo para a pele.

A limpeza das peles oleosas ou acneicas tem como primeira finalidade suprimir a retenção sebácea e assegurar o fluxo normal do sebo cutâneo. Os detergentes eliminam todo esse material graxo, mas também podem deixar as peles vermelhas, secas e pruriginosas. Portanto é necessário proceder a limpeza adequada da pele com um sabonete adstringente, próprio para peles oleosas, que pode ser o sabonete esfoliante refrescante de Tea Tree, aplicar em seguida uma loção tônica que neste caso terá também a função de diminuir a sensibilização da pele e após aplica-se o óleo de rosa mosqueta puro.

 

Linha Spa Basics by Samia – Facial

Óleo de Rosa Mosqueta

Óleo Essencial Tea Tree

Leia Também: Óleos faciais nutrem, hidratam e podem beneficiar até as peles oleosas

 

9. Quais óleos são recomendados para estresse e nervosismo? E Ansiedade?

Estresse é o estado psicofísico que resulta da exposição excessiva a determinados estímulos mentais, ambientais e / ou sociais. Revela-se em sinais como tensão nervosa e muscular, cefalalgia, fadiga, desânimo, dores pelo corpo, dificuldade de concentração, lapsos de memória.  Há várias modalidades de estresse, como físico mental e emocional que na maioria das vezes se manifestam juntos.

Alguns sinais de estresse: dificuldade para dormir, aumento no consumo de bebida e fumo como tentativa de “fuga”, anorexia ou vontade excessiva de comer, especialmente doces, cansaço excessivo e pouca motivação, dificuldade em tomar decisões e resolver problemas que antes eram fáceis, dificuldade de raciocínio.

Atitudes para mudança: encarar os desafios como oportunidades para desenvolver sua habilidade, cair e fracassar pode acontecer com todos e isso é natural, mas não se entregue, procure tirar proveito das situações críticas não se envolva demais; pense no que causa as tensões; concentre esforços numa atividade por vez; evite pensamentos e também hábitos que produzem estresse; durma o suficiente nem mais, nem menos; permitam-se momentos relax natural, sentado numa posição natural respire e relaxe profundamente e esvazie a mente de pensamentos preocupantes e excitantes, coma sem pressa, sentindo o sabor da comida, expulse lembranças incômodas da mente, especialmente na hora da refeição. Existe um provérbio chinês que diz o seguinte: “se teu mal tem cura, por que te perturbas? Se teu mal não tem cura, para que te pertuba.

Usar a aromatização Ambiental como coadjuvante no tratamento de ansiedade.

Colocar no Aromatizador Elétrico

a – Litsea Cubeba

b – Palmarosa

c- Manjerona

d – Vetiver

e- Lemongrass

Ou ainda há na linha By Samia, algumas sinergias já prontas que poderão ser utilizadas para estes casos.

a – Blend Bem Estar

b – Blend Zen

 

10. Quais tratamentos com óleos essenciais podem ser aplicados para Hipertensão arterial?

Hipertensão arterial é a elevação anormal da pressão nas artérias ou “pressão alta”. A elevação constante da pressão arterial é fator de risco para as doenças cardíacas e dos vasos.  A hipertensão também pode ser sintoma de outra doença como pode ser visto na hipertensão secundária. Há pessoas propensas a hipertensão devido a tendência genética, mas há também outros fatores como estilo de vida, má alimentação, uso exagerado de sal na dieta, café,  açúcar, gorduras, estresse, vida sedentária, pílula anticoncepcional, obesidade, etc.

          Usar a aromatização Ambiental como coadjuvante no tratamento de Hipertensão.

           Colocar no Aromatizador Elétrico

           15 gotas de Óleo Essencial de Ylang Ylang

           05 gotas de Óleo Essencial de Laranja

           05 gotas de Óleo Essencial de Manjerona

 

11. Quais tratamentos com óleos essenciais podem ser aplicados para Hipotensão arterial ?

A hipotensão ou pressão baixa pode estar relacionada à própria biofísica e bioquímica do indivíduo, mas também pode ser dieta naturista, pobre em sódio ou ainda indicar que a hipotensão é secundária, isto é, como resultado de doenças conhecidas, tais como cardíaca, artrite reutóide   doençascardíac  , artrite reutóide

           Usar a aromatização Ambiental como coadjuvante no tratamento de Hipotensão.

            Colocar noAromatizador Elétrico 

           15 gotas de Óleo Essencial de Alecrim 

           05 gotas de Óleo Essencial de Tomilho

           05 gotas de Óleo Essencial de Hortelã Pimenta

E para uso tópico usar o Óleo de Massagem Energizante que contém 03 óleos essenciais –  estimulantes

 

12. Quais óleos são utilizados na tensão pré-menstrual (TPM)?

Na TPM, a produção de certas substâncias como as prostaglandinas que causam alterações diversas mais intensas em algumas mulheres que em outras. Essas alterações incluem nervosismo, irritação, cólica, e dor nos seios. Para complicar um pouco mais essas alterações ainda incluem o inchaço aumentando a sensação de desconforto. A melhoria da alimentação e um programa de desintoxicação alimentar podem contribuir bastante para melhoria dos sintomas.

Compressas com lavanda e óleos de banho relaxantes com lavanda ajudam a aliviar a dor nos seios. Massagem com óleo vegetal de amêndoa doce com gerânio, bergamota e alecrim se a cliente apresenta sensação de cansaço e letargia. O óleo essencial de lavanda pode ser usado para massagem na cabeça e ombros para aliviar dores de cabeça. O óleo de Sândalo ajuda a aliviar o estresse e tensão e ajuda a relaxar os músculos das costas e do couro cabeludo.

Quer algo pronto? veja o Óleo para Massagem MULHER.  

Leia Também:Dica rápida para cólicas menstruais e aromaterapia – Óleo Mulher

 

13. Como a química dos óleos interfere na escolha dos mesmos para os tratamentos?

Os principais componentes químicos nos óleos essenciais podem ser agrupados nos seguintes grupos químicos:

Ésteres: é o grupo mais encontrado nos óleos essenciais. Possuem ação fungicida, são sedativos e apresentam aroma de frutas:

Acetato de linalina: sálvia esclaréia, lavanda;

Acetato de geranila: manjerona.

Aldeídos: Apresentam propriedades sedativas e revigorantes. Encontram-se no capim limão e citronela. O citral e citronelal também são encontrados na verbena, eucalipto citriodora. O citral também possui propriedades anti-sépticas, antiinfecciosas, antiinflamatórias e tônico do sistema nervoso central.

Cetonas: Muitas cetonas são tóxicas (Artemísia, tanaceto, poejo, absinto), mas nem todas como a jasmona do jasmim e o fenchona do Funcho ( erva doce). São úteis para aliviar a congestão, ajudam na excreção do muco e catarro, sendo úteis no tratamento de doenças respiratórias;

Álcoois: O mais comum é o linalol encontrado na lavanda e pau-rosa, o citronelol da rosa, limão, eucalipto e gerânio, o geraniol da palma-rosa e gerânio e borneol, nerol, terpenol, farnesol, vetiverol, cedrol e outros. Possuem propriedades anti-sépticas, antivirais e melhoram a disposição.

Fenóis: Podem ser bastante irritantes para a pele, principalmente quando o ativo está isolado, como é o caso do eugenol o óleo extraído do cravo da índia, timol encontrado no tomilho e carvacrol presente no orégano. Contudo, podem ser usados, de forma segura respeitando-se as contra-indicações, e também para perfumar ambientes. Possuem ação estimulante bastante potente. Também possuem ação antiespasmódica, antiinfecciosas, vasoconstritoras e bactericida.

Óxidos: encontrados principalmente nas essências canforadas como alecrim, eucalipto, louro, tea tree e cajepute. O eucaliptol, cineol possui efeito expectorante.

 

14. Principais Ações farmacológicas

É importante ressaltar que a atividade farmacológica de um óleo é bastante diferente da atividade farmacológica da planta da qual foi extraído. Lembramos que não é possível isolar o princípio ativo do óleo essencial como é feito na planta, devido à sua complexidade. Exemplo: Rosmarinus officinallis L. L (alecrim) possui ação digestiva e antiespasmódica enquanto que o óleo essencial de alecrim é bactericida.

Ação carminativa: certos óleos relaxam a musculatura gastro-intestinal facilitando a expulsão do ar de seu interior. Ex: Camomila romana, hortelã-pimenta, erva-doce.

Ação antiespasmódica: possuem a propriedade de relaxar a musculatura lisa do intestino diminuindo as cólicas. Ex. Camomila romana, sálvia esclaréia, erva-doce.

Ação mucolítica: facilitam a fluidificação e movimentação do muco no trato respiratório, facilitando, portanto a excreção do muco. Ex. Eucalipto globulus e anis.

Ação cardiovascular: Provocam alteração do ritmo cardíaco. Os óleos com cânfora, como alecrim, tomilho e sálvia esclaréia aumentam o ritmo cardíaco. O óleo de ylang-ylang abaixa a pressão arterial.

Ação anti-séptica: devido à presença de compostos fenólicos, aldeídicos e alcoólicos, os óleos essenciais inibem o crescimento de bactérias e fungos. Ex. Lavanda, eucalipto citriodora, eucalipto globulos, timol.

Ação cicatrizante e regeneradora da pele: o linalol é um dos compostos mais importantes para regeneração celular. Ex. lavanda.

Bom espero ter trazido mais alguns esclarecimentos para vocês nesta maravihosa ciência,  também a arte de utilizar a aromaterapia como tratamento, apesar de no Brasil, esta ser apenas reconhecida como um produto cosmético, e para dar um cheirinho aos ambientes. Mas sua eficácia é comprovada através de vários estudos científicos publicados.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s