Aromaterapia e óleos essenciais para tratar a infertilidade

Remédio é caro e costuma ter um monte de contraindicação, né? Já pensou então se você pudesse curar várias doenças – físicas e emocionais, entre elas a infertilidade – com óleos extraídos diretamente da natureza, que custam muito menos e não fazem mal? A psicóloga e aromatóloga Sâmia Maluf pensou. Ela fundou há 17 anos a By Samia, marca de aromaterapia que vende seus óleos essenciais online aqui.

Eu conheci a marca há uns quatro anos, em uma visita ao spa Unique Garden, e depois descobri que a loja dela em São Paulo ficava em Perdizes, bem pertinho de onde eu morava. Desde então, virei fã: curei insônia com o óleo essencial de lavanda, me reanimo ao final do dia com frasquinhos de bergamota, dou de presente para amigas… por isso estou tão contente que hoje o Cadê Meu Neném? entrevistou a Sâmia Maluf para falar sobre o poder de cura da aromaterapia e dos óleos essenciais sobre a infertilidade. Acompanhe:

Cadê Meu Neném?: Como a aromaterapia pode curar?

Sâmia Maluf: Ela trabalha tanto com os óleos essenciais, que são substâncias extraídas da natureza e envasadas. Essas moléculas químicas contêm substâncias que curam, tanto que a própria indústria farmacêutica usa muitas delas. E além de agir no físico, esses óleos também atuam na esfera vibracional e emocional.

 

CMN: Mas qual a diferença entre um remédio e um óleo essencial?

Sâmia: O óleo ajuda um corpo a se curar sem contraindicações.

 

CMN: Quais os melhores tratamentos para a questão da infertilidade?

Sâmia: Costumamos usar os fito-hormônios, que são quatro: gerânio, rosa, sálvia esclareia e erva-doce. E eles podem ser absorvidos pelo sistema sanguínea de diferentes formas.

 

CMN: Por que é diferente eu tomar um chá de erva-doce ou usar o óleo essencial?

Sâmia: Porque uma gota do óleo de erva-doce equivale a 70 xícaras de chá. É um produto muito concentrado que foi volatilizado – ou seja as moléculas são carregadas como vapor e voltam a se condensar, então não perdem suas propriedades.

 

CMN: O processo de tentar engravidar sempre traz junto muita ansiedade e até depressão. Existem óleos essenciais para isso?

Sâmia: Sim. Para depressão, eu recomendaria misturar sálvia com bergamota, pois elas atingem áreas do cérebro que ajudam na captação de serotonina. E para ansiedade, lavanda. Ela age no cérebro como agiria um medicamento tarja-preta, mas sem nenhuma contraindicação, ou seja, induz um sono profundo nos receptores que a gente tem no cérebro.

 

CMN: E para dar aquela animada no sexo?

Sâmia: Adoro misturar ylang-ylang com canela. Eu desenvolvi, inclusive, um óleo chamado Kama Sutra, que tem 6 óleos vegetais (como girassol, semente de uva, gergelim e abacate) e 12 óleos essenciais, entre eles, rosa, jasmim, patchouli, sândalo e ylang-ylang. É relaxante, mas aumenta a libido, ou seja, é ideal para fazer uma massagem.

 

CMN: É preciso tomar algum cuidado especial ao colocar os óleos essenciais em contato com a pele?

Sâmia: Nunca se deve colocar diretamente sobre a pele, salvo exceções como lavanda, melaleuca e copaíba. De resto, é preciso diluir em um óleo vegetal (como de amêndoas e semente de uva), gel ou creme.

 

CMN: O que exatamente devemos fazer com os óleos se quisermos seguir um tratamento em casa?

Sâmia: Existem várias formas e vale escolher a que se adaptar melhor à sua rotina. Vale pingar uma gota de bergamota ou limão-pimenta num lenço de papel e aspirar para recuperar as energias no final da tarde. Vale pingar duas gotas de óleo de lavanda em um algodão e colocar dentro da fronha do travesseiro se você tiver insônia.

 

CMN: Pingar umas gotinhas no box antes de ligar o chuveiro e ficar respirando aquele vapor também é uma boa…

Sâmia: Ou então dá para passar no corpo – diluído em óleo vegetal – e depois massagear calmamente com a bucha durante o banho.

 

CMN: No caso da massagem, tem algum segredo?

Sâmia: Se você não gosta do aroma perto do nariz, pode fazer nos pés. Ou pertinho do útero, na região do abdômen e das virilhas. O processo de absorção começa pela pele e cai na corrente sanguínea.

 

CMN: Para as questões femininas – tanto infertilidade quanto TPM e menopausa – os banhos de assento são indicados? Qual o passo a passo?

Sâmia: Sim. É fantástico. Recomendo um litro de água morna para cinco gotas do óleo essencial em uma banheira ou bacia. Além dos óleos de gerânio, rosas, sálvia esclareia e erva-doce, tem o óleo de melaleuca que é ótimo para infecção urinária, por exemplo. Sente sobre a bacia por pelo menos 10 minutos. Até as cólicas menstruais passam.

 

CMN: A aromaterapia tem alguma contraindicação?

Sâmia: Não tem o risco de uma overdose. Até porque se você usa muito, acaba ficando enjoada.

 

CMN: Gestante pode usar?

Sâmia: Não. Até o sexto mês não pode usar nada e, até parir, recomendo que use só lavanda.

 

Matéria publicada no site: http://www.cademeunenem.com.br/aromaterapia-para-tratar-infertlidade/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s