Revigorante e estimulante: conheça o óleo essencial de alecrim

O óleo essencial de alecrim é poderoso. Neste artigo, vou citar uma série de utilizações que, com certeza, poderão deixar seu dia a dia com mais ânimo e vigor.

Em primeiro lugar, gostaria de apresentar o alecrim. O Rosmarinus officinalis L. é uma das espécies aromáticas mais antigas e utilizadas pela humanidade. Seu nome significa “orvalho do mar”. No mediterrâneo, sua região de origem, havia o hábito de secar as vestes brancas em cima do alecrim – não somente porque o sol faz a planta liberar um aroma agradável à roupa, mas porque também é bom para espantar traças. Conta-se que os estudantes gregos usavam grinaldas de alecrim para melhorar sua memória quando se preparavam para exames.

Não é por acaso que uma das propriedades mais especiais do alecrim é a de aumentar a concentração. Recomendo a difusão do óleo no ambiente onde se está trabalhando ou estudando para melhorar o desempenho.

O Alecrim revitaliza as células cerebrais, clareia a mente e estimula a memória. É ótimo para esforço mental excessivo, embotamento em geral e letargia. É muito revigorante e fortalece a mente quando há fraqueza e esgotamento. Seus benefícios para a memória estão inclusive registrados na literatura, como no texto de Shakespeare, “Hamlet”, em que a personagem Ofélia diz: “Há o alecrim, para a memória; ore, ame, lembre”. Hoje, a ciência comprova esta propriedade.

Outra dica importantíssima sobre o óleo: usá-lo no início da manhã para acordar é ótimo, especialmente quando estamos mais preguiçosos para levantar. E mais: o alecrim é tão versátil que também é indicado em casos de depressão, fadiga, dores de cabeça, congestão no peito, gripe, dores musculares e no alívio da artrite.

O alecrim também faz bem para os cabelos. Ele previne a caspa e estimula o crescimento. Uma gota de óleo essencial misturada na quantidade de xampu a ser utilizada para a lavagem dos cabelos é o suficiente. A mistura pode ser repetida no condicionador.

Entretanto, alerto para as contra-indicações do óleo. Crianças com menos de 12 anos não devem fazer uso tópico do alecrim. Para elas, o óleo deve ser usado apenas como um difusor no ambiente. Pessoas com diagnóstico de epilepsia, hipertensão, mulheres grávidas ou quem está fazendo tratamento com homeopatia também não devem utilizá-lo.

 

Matéria publicada no site: http://negocioestetica.com.br/site/revigorante-e-estimulante-conheca-o-oleo-essencial-de-alecrim/

Anúncios

2 comentários sobre “Revigorante e estimulante: conheça o óleo essencial de alecrim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s