Um dos melhores óleos para mim na aromaterapia – Cistus ladanifer ou labdanum

  1. HISTÓRIA 
São plantas tipicamente mediterrânicas e adaptadas às condições de solos pobres e períodos secos prolongados. A germinação das sementes é favorecida pelo fogo, razão pela qual os Cistus aparecem frequentemente como planta colonizadora após um incêndio. Muitas espécies são fortemente aromáticas, sendo o aroma de Cistus ladanifer (esteva) o mais característico. A resina aromática tem sido utilizada em perfumaria e com fins medicinais desde a antiguidade, inclusive na composição do incenso queimado com fins religiosos.
É uma planta ornamental popular, cultivada devido à sua folhagem aromática e belas flores.
As folhas libertam uma resina aromática, o ládano ou lábdano, usado em perfumes, especialmente como fixador.
O epíteto específico da esteva “ladanifer” vem do fato dela produzir a resina denominada ládano, cuja abundância lhe permite competir com outras espécies visto que parece inibir o crescimento destas – esta estratégia é denominada alelopatia. A resina serve também para proteger a planta contra a dissecação.
Existe um método de colheita de lábdano muito curioso. Utilizam-se rebanhos de cabras que se colocam a pastar em zonas de grande densidade de esteva, em seguida penteava-se o pelo e barba dos animais para recolher a resina. O resultado final consistia numa resina, o ládano.
Labdanum fascina as pessoas por muitos séculos, os antigos Egípcios o usavam no Kyphi incenso, e queimavam para os Deuses – diziam que levava a pessoa até o seu subconsciente, trazendo as memórias e antigos sentimentos.
  1. NOME CIENTÍFICO: Cistus ladaniferus.
     
  1. NOME COMUM (POPULAR): Cistus labdanum; Esteva; Ládano; Labdano; Roselha ; Xará; Rock Rose resin ou Sun rose resin.
  1. ASPECTOS BOTÂNICOS: É uma planta perene de crescimento rápido, pertencente a família das cistáceas. Tem usualmente um porte arbustivo, podendo atingir alturas de 1 a 2,5 metros, ainda que normalmente não ultrapasse os 2 metros. As folhas são inteiras, compridas e estreitas alcançando 10cm de comprimento e 1,5cm de largura. Estão desprovidas de estípulas, tem uma inserção oposta e estão agrupadas aos pares; não possuem pelos na parte superior, mas estão cobertas de pelos estrelados na parte inferior. Quando são jovens, estão fortemente impregnadas de uma substância pegajosa, denominada ládano, que tem um aspecto brilhante e se cola às mãos e roupa. As folhas velhas têm uma coloração grisalha.
As flores são solitárias e grandes, podendo ter 10cm de diâmetro, possuem 3 sépalas e 5 pétalas de cor branca, podendo ter por vezes uma coloração púrpura na sua base. Cada flor individual dura apenas um dia, existindo, no entanto, uma longa sucessão destas.
O fruto é uma cápsula globosa com 7 a 10 compartimentos.
Ocorre em toda a região mediterrânica ocidental e ilhas Canárias. É muito abundante no Alentejo e Algarve e nas regiões espanholas da Extremadura, Serra Morena, Andaluzia e Castela.
  1. PARTE UTILIZADA: O óleo é extraído de toda planta, principalmente flores, talos e folhas.
  1. TIPO DE EXTRAÇÃO: Destilação a vapor da resina.
7. COMPOSIÇÃO QUÍMICA: Contem mais de 170 compostos – incluindo: alfa-pineno, beta-pineno, campheno, sabineno, mirceno, alfa-phelandreno, alfa e beta terpinenos, limoneno, para-cimeno, 1,8-cineol, borneol, nerol, linalool, geraniol, cis-3-hexen-1-ol, trans-2-hexen-1-ol, terpinen-4-ol, eugenol, 2,2,6-trimethylcyclohexanone, fenchone, isomentona, alfa-tujona, ledol, cis e trans-citral, acetato de bornil e acetato de geranil, ácido málico (1,6%), taninos (10%), óleo volátil (1,9%), etc.
8. AÇÕES FARMACOLÓGICAS:
8.1 PROPRIEDADES: Antisséptico, antimicrobiano, adstringente, balsâmico, emenagogo, expectorante, tônico, purificador, redutor do estresse, afrodisíaco, estimulante, antiinflamatório e condicionador cutâneo.
8.2 MENTE: Acredita-se que o óleo proporciona força, coragem, criatividade, relaxamento, facilitador da meditação e sensação de amor. Ajuda a centralizar e a trazer experiências espirituais.
8.3 CORPO: É um excelente purificador do organismo, eliminando toxinas resultantes do excesso de alimentos e álcool. É benéfico para problemas de estômago, pois é um tônico para a digestão. Ajuda a aliviar mordida de insetos, expulsando o veneno. Na inalação pode ajudar a eliminar o catarro, causado nos estados de gripe.
8.4 PELE: Ótimo regenerador cutâneo, para peles maduras e secas – atuando principalmente em rugas profundas. Muito usado no tratamento dos distúrbios da pele como eczemas e psoríases. Ótimo cicatrizante para feridas abertas (com sangramento).
9. OBSERVAÇÕES: – Precauções – a resina é muito tóxica, só deve ser usada por pessoas experientes e em baixas concentrações, no máximo de 0,5%. O óleo não é tóxico, nem irritante e pouco sensitivo.
9.1 NOTA: Alta.
9.2 PLANETA: Lua, Marte e Júpiter.
9.3 AROMA: Muito complexo – rico, balsâmico, amadeirado, doce, floral e mentolado.
9.4 MISTURA-SE BEM COM: rosa, louro, cardamomo, camomila, patchouli, alecrim, sândalo, lavanda, noz-moscada, etc.

9.5 EFEITO NOS DOSHAS: Sem estudos. Não há nada em livros que fale deste óleo essencial em doshas. Mas pela minha experiência ele seria um óleo essencial que acalmaria os três doshas, seria muito bom para a pele de Vata, pela pele seca. Acalmaria o fogo de Pitta. Em Kapha, trabalharia o estado depressivo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s