Como Criar uma Sinergia de Aromaterapia

Imagem do Livro Abordagem Sistêmica. Direitos Reservados. Reprodução Proibida
Imagem do Livro Abordagem Sistêmica. Direitos Reservados. Reprodução Proibida

Uma das grandes dúvidas que muitos de nossos clientes possuem é como fazer uma sinergia, então, vamos aqui a alguns conceitos básico que se você seguir nao terá como errar.

Quando reunimos mais que um óleo essencial, os componentes da combinação interagem, potencializando os princípios ativos de cada um e, em conseqüência, tornam-se bem mais eficazes. Isso é uma sinergia.

Mas para prepará-la há dois itens que devem ser levados em consideração:

  1. Nunca misturar mais de quatro óleos essenciais e,
  2. Fazer uma mistura agradável para quem for usá-la.

Temos que ter em mente também as proporções de diluição. Em aromaterapia utilizamos de 1% a 3% de óleos essenciais dentro de um veículo carreador. Ou seja, quanto mais grave o caso, maior o percentual de diluição. Quanto menos grave o caso, menor o percentual de diluição.

Quando misturamos os óleos essenciais, fazemos as contas em gotas, então para facilitarmos nossos cálculos imaginamos sempre que 1ml de óleo essencial contém aproximadamente 25 gotas.

Para facilitarmos um pouco as contas, veja a tabela abaixo:

Óleo Carreador % Dividir por: Gotas (em média)
100ml 1 4 25
100ml 1 ½ 3 37
100ml 2 2 50
100ml 2 ½ 1,75 62
100ml 3 1,25 77

Outra forma bem simples de quantificarmos é utilizar a regra de 3:

100% > 100ml

3% > X

= 3*100/100 = 3ml = 75 gotas.

Normalmente, quando falamos de blends e medidas em aromaterapia, utilizamos o mililitro. Caso necessite converter medidas, faça a seguinte correspondência:

  • 1 colher de sopa = 15 ml
  • 1 colher de sobremesa = 10 ml
  • 1 colher de chá = 5ml

Entendido tudo sobre medidas vamos agora ver sobre outros dois itens importantes:

Notas aromaticas dos óleos essenciais.

Os óleos essenciais são divididos devido a sua volatibilidade, e vão de alta para baixa. Os óleos essenciais de notas alta, evaporam mais rapidamente, já os de nota baixa são utilizados como fixadores pois evaporam lentamente.

Função Terapêutica.

Quando você quiser montar sua sinergia, tenha em mente as funções terapeuticas emocionais e físicas dos óleos, assim, você poderá tartar tanto um sintoma físico como gordura localizada, como um sintoma emocional como compulsão alimentar.

Montando sua sinergia de óleos essenciais.

Agora que você já tem esta base vamos criar nossa sinergia.

Selecione um óleo essencial com as propriedades terapêuticas que mais você esta precisando, pense que ele representa 40% da sinergia. Depois selecione outros 3 óleos que irão complementar o tratamento, eles irão representar 60% do restante da sinergia.

Tenha em mente também trabalhar com 1 óleo essencial de cada grupo de volatilidade.

Teremos ums sinergia parecida com esta:

Óleo Essencial Indicação Gotas Nota do Aroma
Óleo Essencial 01 Indicação Principal 20 Média
Óleo Essencial 02 Indicação Secundária 10 Alta
Óleo Essencial 03 Indicação Secundária 10 Média
Óleo Essencial 04 Indicação Secundária 10 Baixa

Esta sinergia foi proposta para ser utilizada em 100ml/g de veículo carreador a uma diluição de 2%.

Simples né?

Se quiser mais conteúdo deste tipo, leia o livro Abordagem Sistêmica da Aromaterpia, que você irá entender direitinho como fazer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s