Quer aumentar seu metabolismo? Veja como enviar mensagens para o emagrecimento

Tenho postado sobre o estresse negativo, assunto de estudo por minha parte, durante todos estes anos, pois minha especialidade em depressão e síndrome do pânico, me fazer tentar entender em como amenizar os sintomas gerados pelo estresse negativo.

O estresse em sí não é uma patologia, mas os efeitos deste, nos leva a uma série de sintomatologias desagradáveis.

Em meus atendimentos chegam queixas das mais diversas, e irei postas algumas possibilidades de tentar lidar com estes sintomas. Mas lembrando sempre que se não conseguirmos mudar algumas variáveis, alguns comportamentos nossos, os sintomas, queixas, continuarão a aparecer cada vez mais.
Hoje irei pontuar um destes sintomas, assim como ontem, postei sobre o corpo adrenal, e hoje a postagem será em entender como poderemos emagrecer, ou ativar o nosso metabolismo.
Pela alopatia, quando uma pessoa procura um  médico endocrinologista, ele além de todos os exames, e uma direção na mudança de como, quando e quanto  se alimentar, usa também algumas medicações, como por exemplo, o cloridrato de bupropriona, para baixar a ansiedade. esta medicaçnao, seria uma medicaçnao para auxiliar na recaptacão de serotonina, pois este é um supressor de apetite.
Mas algumas vezes tambeem entra com um auxiliar para a pessoa dormir bem.
Aos pesquisar, livros, sites, blogs sobre o assunto, me deparei com este site. O achei muito bom e esclarecedor.
Passo então para vocês.
E recomendo sempre, a primeira coisa que devemos fazer seria tentar dormir bem para termos mais leptina.
Então boa leitura, e não se esqueça, lavanda para dormir.


Texto de:
Treino Para Mulher
Treino Para Mulher


 Quilos em excesso pesam no corpo e não fazem bem. É por isso que existem mensageiros químicos do próprio corpo que ajudam no controle de peso. Porém, por vezes, esses não funcionam corretamente e você deve ativar seu funcionamento para ajudar no emagrecimento.Os principais hormônios que podem favorecer o emagrecimento são a leptina, somatotropina e glucagon. O neurotransmissor serotonina também tem um papel importante nessa matéria. Vamos analisar cada um deles e saber qual seu efeito positivo em nosso corpo.

Envie mensagens de emagrecimento a seu corpo
Os hormônios determinam se a gordura deve ser queimada ou armazenada. São esses hormônios que enviam a mensagem ao corpo: “estou satisfeito” ou “tenho fome”. Assim como o desejo por doces ou mesmo a falta de apetite. Como funciona?
Claro que o ritmo orgânico, o estresse e o sono afetam os níveis hormonais. Mas toda vez que você come ou bebe algo, você fornece informações a seu corpo. Por exemplo, se você beber rapidamente uma lata de limonada doce, isso significa tanto quanto: “Eu não quero queimar gordura nas próximas quatro horas”. O efeito da limonada doce é de elevar a secreção de insulina e esta é uma mensagem a seu corpo de que quer engordar.
Pare com isso! Saiba enviar mensagens de emagrecimento a seu corpo. É um passo crucial no caminho para o peso desejado, o que também se torna mais importante a cada ano que passa, pois a partir dos 30 anos, nosso metabolismo fica mais lento, e o corpo precisa por isso de mais apoio de emagrecimento.
Serotonina: Eu estou bem!
Existe um supressor natural do apetite? Sim, segundo a especialista Judith Wurtman dos EUA. Várias pesquisas da cientista levaram a uma conclusão importante: Se o cérebro produzir serotonina suficiente, o apetite e o desejo de comer podem ser controlados e os quilos a mais desaparecem.

Uma vez que a serotonina é responsável pela boa disposição, ela ajuda também no desejo incontrolado de comer devido ao estresse. Todavia, o cérebro só consegue produzir a serotonina se obter a componente de proteína triptofano, de preferência duas vezes por dia. Veja as dicas na tabela abaixo.
Alimento mg Triptofano por 100 g Lanche recomendado
Banana 18 1 Banana pequena
Figo seco 40 2 Figos
Figo fresco 12 1 Figo
Tomate 8 2 Tomates
Abacaxi 7 150 g Abacaxi
Melão 10 150 g Melão
Kiwi 15 1 Kiwi
Laranja 7 1 Laranja pequena
Aveia 190 2 Colheres de Flocos de aveia com 50 ml de suco de laranja

Glucagon: Quebrar as células de gordura
Quanto mais carboidratos de rápida absorção comermos (por exemplo, pão, massas, doces), mais insulina o corpo liberta. Ela é produzida no pâncreas e libertada na corrente sanguínea. O efeito negativo é que enquanto existe muita insulina no sangue não é queimada gordura. Mas para combater isso, temos o hormônio de emagrecimento glucagon. Esse hormônio manda o corpo obter energia a partir de células de gordura!

Ative o glucagon da seguinte forma: Para manter a queima de gordura a um nível elevado, é importante não inundar constantemente o corpo com açúcar, especialmente açúcares simples a partir de produtos de farinha branca, doces e sucos. Carboidratos a partir de legumes e produtos integrais são a escolha perfeita, porque eles são divididos de forma lenta e uniformemente no sangue. Combine também com proteínas, porque essas estimulam ainda mais a produção de glucagon.

Somatotropina: Mais Vitalidade!
O hormônio do crescimento é produzido principalmente durante o sono. Ele ajuda a regenerar as células, limpar e tonificar a pele. Para poder fazer esse trabalho, a somatotropina vai buscar a energia às células de gordura e assim torna a barriga lisa durante a noite.

Ative a somatotropina da seguinte forma: Dê a seu corpo tempo suficiente para esse processo. Você deve dormir pelo menos sete ou oito horas. Antes de dormir abasteça-se de proteína, uma vez que a somatotropina é constituída por 191 componentes proteicas individuais.

As melhores opções são:

100ml de leite de manteiga
100g de iogurte magro
1 fatia de peito de peru
1 fatia Queijo magro
5 amêndoas

Leptina: Estou satisfeito!
Quando as células de gordura estão bem cheias, é ativado o hormônio leptina. Esse age no cérebro como um freio de saciedade que diz ao corpo “comi o suficiente, vamos queimar calorias”. Porém as pessoas obesas tendem a ter as células gordas constantemente cheias e por consequência os níveis de leptina estão permanentemente elevados. O cérebro responde cada vez mais fraco aos sinais de paragem desse hormônio, o apetite permanece e as quantidades de comida estão constantemente a aumentar.
Ative a leptina da seguinte forma: O segredo está em fazer várias pequenas refeições. Um estudo holandês mostra que se as mulheres obesas em vez de três grandes refeições fizerem várias pequenas, a resposta aos sinais de leptina aumenta novamente. Igualmente o apetite e os desejos regridem significativamente.
Texto de:
Treino Para Mulher
Treino Para Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s