Óleo Vegetal de Oliva é solução natural para devolver a beleza e hidratar a pele.

Óleo Vegetal de Oliva é solução natural para devolver a beleza e hidratar a pele.
 No verão, é muito comum deixar os pés descalços e usar e abusar de sandálias, rasteirinhas e chinelos. Esta exposição – que pede pés maravilhosos – acaba deixando-os bastante ressecados. “Eles ficam menos protegidos e podem até rachar”, alerta a aromaterapeuta Sâmia Maluf. “Com o óleo vegetal de oliva, os pés, mãos e outras áreas ressecadas do corpo se revitalizam. É uma solução natural e muito eficiente”.

O óleo vegetal de oliva tem poder antioxidante e depurativo, pois auxilia na limpeza da pele. Nutritivo, pode ser utilizado em peles envelhecidas, mas também é indicado para pessoas mais jovens e até bebês.

Altamente emoliente (não é oleoso), traz equilíbrio à pele. É composto por proteínas, ácido oléico, vitaminas A, B1 e B2, entre outros ativos. Óleos vegetais puros têm uma textura propícia à absorção pela pele, sendo compatível com a camada que a recobre.

Por essa semelhança, ele é muito bem aceito nos cuidados cutâneos. É bem diferente do óleo mineral, que não é recomendado para aplicação na pele por não ser absorvido por ela”, diz.

A seguir, Sâmia compartilha uma receita simples para quem quer deixar os pés macios e bonitos: Um escalda-pés é relaxante e hidratará a pele ressecada. Numa bacia com água morna (dois litros), acrescente 50 ml de Vinagre de Cidra (Maçã), 10 gotas de Óleo Essencial de Palmarosa e 10 ml de Óleo Vegetal de Oliva. Após relaxar, massageie os pés com o Óleo Vegetal de Oliva, que deve ser usado diariamente.

Para Tratamentos de Pés com Rachaduras e Pés de Diabéticos. Basta misturar os ingredientes abaixo e aplicar nos pés como hidratante: 2 colheres de sopa de Óleo Vegetal de Oliva. 2 gotas de Óleo Essencial de Bergamota. 2 gotas de Óleo Essencial de Palmarosa. 2 gotas de Óleo Essencial de Cedro. Para quem quer hidratar a pele do corpo – especialmente se ela é bastante seca -, basta misturar uma colher de sopa de Óleo Vegetal de Oliva em duas colheres de sopa de Óleo Vegetal de Amêndoas Doces. Além de hidratar, retardará o envelhecimento.

Aromaterapia

A Aromaterapia utiliza-se de óleos essenciais e óleos vegetais puros. Suas propriedades e eficácia não se detêm apenas a um cheiro agradável, capaz de provocar sensações, mas sim a um grande poder terapêutico extraído da natureza.

Os óleos essenciais puros podem tratar a mente e o corpo, mas seus benefícios estão diretamente ligados ao processo de extração, que necessariamente deve levar ao consumidor final a pureza total, que permite inalá-los e até ingerir alguns deles.

Se o óleo essencial não for puro, de uma marca conceituada e que garante sua origem, não traz benefícios e, ao contrário, pode até mesmo ser maléfico à saúde.

Distinguir um óleo essencial puro do óleo composto não é tarefa fácil. Hoje, normalmente, o apelo de vendas recai sobre a essência, em outras palavras, o cheiro. Quando o consumidor se depara com a denominação “essência” pode ter certeza que o óleo essencial é composto e não 100% natural e puro.

Além disso, ter acesso às informações técnicas e laudos dos óleos essenciais produzidos por cada empresa ajuda na escolha, mesmo quando o produto se autointitula puro.

Por Simone Valente
Jornal – Bragança Jornal Diário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s