Relação do Homen com a natureza

Na história da humanidade, algumas civilizações conseguiram viver em harmonia com a natureza. Assim, há muito tempo, nascia em vários pontos, o Taoismo na China, as terapias baseadas na cultura dos povos Celta na Europa Central, os indígenas, com seus pages e xamãs, entre tantas outras civilizações. O que os fazia diferentes de nós, hoje povos do século XXI.

 

 Éramos agrícolas e respeitávamos a natureza, pois dela sobrevivíamos. Passamos por várias revoluções e tudo mudou.
Quando entro em sala de aula, e começo a ministrar meu curso de aromaterapia, começo contando a história da humanidade, desde que éramos nômades, e tudo retirávamos da natureza.

 

Nos organizamos e começamos a construir as aldeias sempre perto dos rios. Por que? Pois não vivíamos sem água. Hoje nada fazemos a não ser destruir os rios e mares ao nosso redor. E assim continuo, em minhas aulas, o contar a história do mundo, de como aprendemos a tirar tudo da terra, mas fomos perdendo o respeito por ela. Aprendemos, nós mulheres, enquanto os homens se organizavam em torno do salvaguardar as aldeias, a terra, e prover nosso sustento, nós mulheres nos organizávamos para administrar a terra e educar nossos filhos. Mas alimentávamos e ainda alimentamos nossa família com o que da terra retiramos. Cuidávamos de nossa família, com a observação dos animais, o que comiam quando não estavam bem, e aprendemos a usar as ervas para nossa saúde. Mas este conhecimento do empírico, por erros e acertos, do que usar em casos de febre, de  doenças que atacavam nossa família, nos foi retirado, trazendo a crença de quem da terra usava, com sua majestosa farmácia ao ar livre, por medo do “quem tem conhecimento tem PODER”! E assim nos tornamos bruxas!

 
 
 Tecnologias vieram, e nos tornamos avançados. Avançados em que? Somos uma sociedade de consumo. Medidas de recuperação, do meio ambiente, com tecnologias alternativas, de agricultura orgânica, não poluente, com a conservação dos recursos naturais, e desenvolvimento do auto-sustentado estão sendo cada vez mais estudadas.
 Se faz cada vez mais necessário, um resgate da real posição do homen perante a Natureza. Se pudéssemos observar o formar e abrir de uma flor, o polinizar desta pelo beija flor, a dispersão de sementes por outros animais, faríamos diferente, mas não conseguimos observar em nossos passeios apressados, a integração dos animais com a Natureza.
 

 A frase, “Tempo é Dinheiro ” nos leva a não considerar, os pequenos, mas belos elementos que nos cercam e que são indispensáveis para a nossa sobrevivência. Vivemos na era do tecnológico, científico, e industrial. Mas não conseguimos sustentar o eco – sistema.
Em minha jornada, tento levar um pouco do conhecimento, temperado pela razão, mas que nos levará a Sabedoria. A Sabedoria do que podemos fazer nesta relação Homen – Natureza. Se soubermos então pelo menos, manter nossa saúde, será com certeza, um grande passo.
Nesta caminhada, pelo conhecimento, onde escolhi, trabalhar como promotora da saúde mental e física, escolhi a aromaterapia como espinha dorsal de minha jornada, e para isto, tenho que estar em profunda conexão com a Natureza, pois dela dependo inteiramente. Por tudo isto, apesar de estar e fazer parte desta sociedade de consumo, tento viver e passar uma cultura do essencial somente.
Fica aqui uma pequena semente para a reflexão, do que realmente precisamos, do que nos é essencial, e como melhorarmos nossa relação com a Natureza, e com ela mantermos nossa saúde!
Um excelente dia para todos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s